User Preferences

  • Language - en | ga
  • text size >>
  • make this your indymedia front page make this your indymedia front page
subcarvalho - Fri Jun 16, 2017 13:34
Coisinho

Passaram cinco anos desde o começo da revolução de Rojava. Desde a heroica resistência em Kobane, as YPG/YPJ continuam a forçar a retirada das forças reacionárias do ISIS. Ao mesmo tempo, as pessoas de Rojava estão a resistir com sucesso a todas as tentativas hegemónicas de corromper e destruir a revolução desde dentro. Um movimento revolucionário está-se a auto-organizar em Rojava, para trazer o final da Modernidade Capitalista.

"Sobretudo, sejam sempre capazes de sentir no mais fundo, qualquer injustiça cometida contra alguém em qualquer parte do mundo. É a qualidade mais linda de um revolucionário.?
Che Guevara

ler mais

subcarvalho - Thu Jun 08, 2017 12:40
Coisinho

Um dia, o mundo adormece com a morte de Fidel, no outro, acorda com a eleição de Trump e de uma ponta à outra das notícias e dos artigos de opinião, que percorrem o planeta, estamos sempre em conflito ideológico, ou resolutamente perplexas, com o mundo que nos rodeia. Este conflito cresce-nos nas entranhas e ramifica-se quer pela percepção que temos da importância dada a certos assuntos e o silenciamento de outros, quer pelas palavras assépticas que nos querem inculcar.

Editorial

?(?) não se pode matar a liberdade de pensar. É certo que pode ser silenciada, mas ela oferece seguramente a sua oposição perpétua e indomável aos ditames da autoridade tal como uma erva cresce sem ruído.? (Voltairine de Cleyre)

?? para que o dinheiro entre, ele tem que sair.? (uma mulher na mercearia)

?? passo a vida a mijar e dói-me a piça.? (sentados no chão ao sol durante uma pausa, um operário para o outro)

ler mais

subcarvalho - Tue Jun 06, 2017 16:52
Coisinho

No dia 8 de Junho a partir das 18H na Rosa Imunda convidamos-vos a debater connosco esta temática tendo como mote o livro "Mulheres Guerreiras - A Caminho da Liberdade". Este livro resulta de uma oficina de escrita criativa realizada na prisão de Santa Cruz do Bispo Feminino. Trata-se de um livro composto pela zine que aquelas mulheres guerreiras elaboraram.

No dia 8 de Junho a partir das 18H na Rosa Imunda convidamos-vos a debater connosco esta temática tendo como mote o livro "Mulheres Guerreiras - A Caminho da Liberdade". Este livro resulta de uma oficina de escrita criativa realizada na prisão de Santa Cruz do Bispo Feminino. Trata-se de um livro composto pela zine que aquelas mulheres guerreiras elaboraram, bem como por um conjunto de textos de pessoas que foram convidadas a escrever a partir da zine. A apresentação do livro será feita pelo dinamizador do projecto.

ler mais

subcarvalho - Thu Jun 01, 2017 09:58
Coisinho

02 de Junho ? 09:00 ? Pequeno-almoço no tribunal! Tomamos um cafezinho e vamos-nos fazer ouvir: A C.O.S.A. é Nossa! Na C.O.S.A. ninguem toca!!

Fazemos uma chamada a todxs os que quiserem passar este momento de injustiça, a virem tomar um bom pequeno-almoço no Tribunal Judicial De Setúbal (Palácio da Justiça, R. Cláudio Lagrange)

02 de Junho ? 09:00 ? Pequeno-almoço no tribunal! Tomamos um cafezinho e vamos-nos fazer ouvir: A C.O.S.A. é Nossa! Na C.O.S.A. ninguem toca!!

Fazemos uma chamada a todxs os que quiserem passar este momento de injustiça, a virem tomar um bom pequeno-almoço no Tribunal Judicial De Setúbal (Palácio da Justiça, R. Cláudio Lagrange)

Notícias Relacionadas:

Comunicado Da C.O.S.A. Em Luta!
Stop despejo da C.O.S.A.

ler mais

subcarvalho - Thu May 25, 2017 12:38
Coisinho

O tic tac da especulação paira sobre as nossas cabeças, mas o nosso coração bate com outros ritmos.
Um desejo antigo mas que se mantém bem vivo é continuar a decidir e a viver por nós próprios podendo assim desenhar um magnífico futuro.
Assim lançamos o apelo para uma concentração solidária com a C.O.S.A., esperando a mobilização de todxs xs que estão dispostos a contrariar a ordem dominante.

O tic tac da especulação paira sobre as nossas cabeças, mas o nosso coração bate com outros ritmos.

Um desejo antigo mas que se mantém bem vivo é continuar a decidir e a viver por nós próprios podendo assim desenhar um magnífico futuro.

Assim lançamos o apelo para uma concentração solidária com a C.O.S.A., esperando a mobilização de todxs xs que estão dispostos a contrariar a ordem dominante. Será a 27 de Maio, a partir das 16h.

Mais:

ler mais

Toni - Mon May 22, 2017 01:30
Coisinho

No país dos brandos costumes, as mulheres continuam a ser cidadãs de segunda. É contra isto que nos levantamos. Contra uma cultura que desculpabiliza a violência de género, que ignora os direitos humanos e que transforma as vítimas em culpadas. Na próxima quinta-feira (25 de Maio) saímos à rua para denunciar e combater esta cultura.

MEXEU COM UMA, MEXEU COM TODAS
NÃO À CULTURA DA VIOLAÇÃO!

O que é a cultura da violação?

A cultura da violação é aquela que encara as mulheres como objetos sexuais e de consumo masculino. É o entendimento de que as mulheres não são seres autodeterminados e donas da sua sexualidade.

A cultura da violação é aquela que afirma, confortavelmente, que os homens são incapazes de controlar os seus impulsos sexuais, desculpando, por isso, os comportamentos agressivos, procurando naturalizá-los.

ler mais

Toni - Mon May 15, 2017 12:06
Coisinho

Em função da greve de fome de mais de 1500 presos palestinianos, um grupo de pessoas reuniu-se no Porto para preparar a solidariedade. O primeiro passo foi a criação duma página informativa. O segundo, a criação duma carta solidária aberta a subscriçoes. Outros passos se seguirão nos próximos dias, nomeadamente uma acção solidária na segunda-feira, 22 de Maio.

Em função da greve de fome de mais de 1500 presos palestinianos, um grupo de pessoas reuniu-se no Porto para preparar a solidariedade. O primeiro passo foi a criação duma página informativa.

ler mais

subcarvalho - Thu May 04, 2017 12:29
Coisinho

Pedimos desculpa àquelxs que já se questionaram sobre isso devido à nossa falta de comunicação.
Continuando do ponto que fizemos com o último comunicado, o processo judicial que visa o despejo da c.o.s.a., e ao qual nós decidimos apresentar defesa, teve no dia 28 de Abril uma audiência prévia.
Para surpresa de todxs xs presentes na sala, a juíza entrou já com uma decisão tomada e considerou que depois de ter avaliado o caso justificava-se proferir ordem de despejo nesse momento...

Pedimos desculpa àquelxs que já se questionaram sobre isso devido à nossa falta de comunicação.

Continuando do ponto que fizemos com o último comunicado, o processo judicial que visa o despejo da c.o.s.a., e ao qual nós decidimos apresentar defesa, teve no dia 28 de Abril uma audiência prévia.

Para surpresa de todxs xs presentes na sala, a juíza entrou já com uma decisão tomada e considerou que depois de ter avaliado o caso justificava-se proferir ordem de despejo nesse momento...

ler mais

subcarvalho - Wed Apr 12, 2017 11:32
Coisinho

O MANIFESTO MANIFESTA
a firme convicção de que a ideia de
ultra-periferia não se pode transformar num
conceito historicamente adquirido, politica-
mente manipulável, psicologicamente auto-
-censurante, culturalmente castrante!

O MANIFESTO
MANIFESTA
a firme convicção de que a ideia de
ultra-periferia não se pode transformar num
conceito historicamente adquirido, politica-
mente manipulável, psicologicamente auto-
-censurante, culturalmente castrante !

Nada pode afastar o conhecimento e vivência
da criação contemporânea nas suas diversas
representações, meios e marginalidades.
Não há mar que nos isole, economia que nos
subjugue nem gosto instituido que nos
adormeça.

A necessidade absoluta de aprovação
referencial de um imaginário centro, cria
dependências incompatíveis com o desen-

ler mais

subcarvalho - Mon Apr 03, 2017 11:45
Coisinho

Passaram-se já mais de 20 anos desde a (re)ocorrência das primeiras okupações em Portugal e, por incrível que pareça, não existe ainda um espaço, nem físico nem virtual, que congregue os registos e as memórias desse movimento.
Por isso, PEDIMOS A VOSSA COLABORAÇÃO para reunir todo o material possível para que possamos fazer um arquivo público digital e gratuito.

- PROCURAMOS MATERIAL SOBRE OKUPAÇÕES DE CASAS EM PORTUGAL (Pós anos 90)
- Fotografias, cartazes, folhetos, fanzines, filmagens, notícias, relatos escritos e orais ?

Passaram-se já mais de 20 anos desde a (re)ocorrência das primeiras okupações em Portugal e, por incrível que pareça, não existe ainda um espaço, nem físico nem virtual, que congregue os registos e as memórias desse movimento.

Por isso, PEDIMOS A VOSSA COLABORAÇÃO para reunir todo o material possível para que possamos fazer um arquivo público digital e gratuito.

*
O QUE É A OKUPAÇÃO?

ler mais

Indymedia Portugal >>

IMC network

Featured Stories from Federated Groups of Indymedia Centres
Featured Stories Selected by local IMCs around the world
© 2001-2017 Independent Media Centre Ireland. Unless otherwise stated by the author, all content is free for non-commercial reuse, reprint, and rebroadcast, on the net and elsewhere. Opinions are those of the contributors and are not necessarily endorsed by Independent Media Centre Ireland. Disclaimer | Privacy